Em termos de tecnologia da informação, quando falamos em design de interface do usuário, falamos do design de softwares, sites ou aplicativos. Na verdade, trata-se de programar a aparência das coisas para facilitar a usabilidade e a experiência do usuário.

Nesse sentido, a interface do usuário são os recursos de um dispositivo ou aplicativo que permitem a interação do usuário com o sistema.

Digamos que você esteja preenchendo o formulário de contato em um site. A interface do usuário, nesse caso, é uma caixa de texto, um botão de opção e qualquer outro componente que permita inserir seus dados no sistema.

Por que uma boa interface do usuário é importante no web design?

Uma boa interface do usuário é importante no sentido de tornar mais fácil para o público ver claramente quais são seus produtos.

Ele foi desenvolvido para exibir os serviços oferecidos de forma simplificada, a fim de chamar a atenção dos visitantes e mantê-los em seu site.

Simplificando, uma boa interface do usuário é importante porque facilita as interações entre o usuário e seu site, criando um ambiente mais amigável, inclusive para negócios!

Se aprofundar no assunto, vai perceber que a interface do usuário é um campo bastante complexo que envolve antecipar as preferências do usuário e criar uma interface que atenda a essas preferências. 

Mas não se engane, a interface do usuário não se concentra apenas na estética, mas também na eficiência e a acessibilidade de um site. 

Pense que o mundo virtual existe, mas a única forma pela qual conseguimos acessá-lo, é por meio de uma interface. Logo, essa interface pode ser tanto um site, quanto um aplicativo de celular ou até mesmo uma televisão. 

Por esse motivo, um bom design de interface quer dizer a combinação perfeita de design visual, design de interação e arquitetura de informações:

Design visual

O design visual melhora o valor decorativo de um site, implementando estrategicamente elementos como fontes, cores e imagens, entre outras coisas. 

Quando bem feito, o design visual pode tornar uma página bonita sem comprometer sua função ou conteúdo.

Design interativo

Já o design interativo é ligado a como os usuários interagem com a tecnologia. Logo, a partir dessas interações, ele cria uma interface com comportamentos bem pensados.

Um excelente design interativo não apenas antecipa como uma pessoa interage com um sistema, mas também antecede e corrige problemas em tempo hábil. Também pode inventar novas maneiras pelas quais um sistema interage e responde aos usuários.

Arquitetura de informação

A arquitetura da informação é projetada para ajudar os usuários a encontrarem as informações necessárias para concluir tarefas. Portanto, envolve rotular, estruturar e organizar o conteúdo da Web de uma maneira que o torne facilmente acessível e sustentável.

Escolhendo elementos de design de interface do usuário 

Até aqui, vimos fatores que definem um bom design de interface. Você pôde entender o principal objetivo e também a importância de oferecer uma boa experiência ao usuário. 

Agora, vamos falar um pouco sobre como escolher os elementos de design de interface do usuário. 

Primeiramente, imagine que você está acessando um site que oferece uma experiência positiva e agradável para você. Imaginou? Agora vamos falar sobre cada elemento dessa página. 

Geralmente os usuários esperam que uma interface funcione e se comporte de uma maneira específica. Ao projetar uma interface, é recomendável que ela seja previsível, concisa e consistente. Isso melhora sua eficiência na conclusão de tarefas e, finalmente, reforça a satisfação do usuário. 

Vários elementos constituem uma interface de usuário funcional. Eles podem ser:

  • Controles de entrada, como botões, alternâncias e caixas de seleção, entre muitos outros.
  • Componentes de navegação, por exemplo trilha de navegação, controles deslizantes, campos de pesquisa, ícones etc.
  • Componentes de informações, por exemplo, dicas de ferramentas, notificações, caixas de mensagens e barras de progresso, entre outros.
  • Chamadas à ação.

É sempre prudente considerar tanto as vantagens, quanto as desvantagens de uma interface.  

Neste sentido, um elemento pode, por exemplo, economizar algum espaço, mas acaba sobrecarregando desnecessariamente o usuário e prejudicando a experiência e resultando em um site mais lento.

Práticas recomendadas de design de interface do usuário

O design da interface de usuário ideal surge da aproximação dos visitantes e da compreensão de suas tendências, preferências, habilidades e objetivos.

Por isso, lembre-se das práticas a seguir de um bom design de interface do usuário.

  • Interfaces simples são melhores: use uma linguagem clara e evite elementos não essenciais.
  • Mantenha a consistência usando elementos comuns da interface do usuário. Use elementos com os quais os usuários estejam familiarizados. Isso garante que as coisas sejam feitas rapidamente. Também garante conforto e gratificação.
  • Use layouts de página inteligentes e intencionais. Tente chamar a atenção para os aspectos mais importantes do site.
  • Cores e texturas devem ser usadas adequadamente para chamar a atenção do usuário para um componente específico ou determinado.
  • Use o tipo de letra para aumentar a legibilidade do conteúdo
  • Use padrões para reduzir a carga do usuário, quando apropriado.

5 erros para evitar ao pensar no design de interface do usuário

  1. Não implementar um design centrado no usuário: é fácil ignorar esta parte, pois é um dos aspectos importantes do design da interface do usuário. Ao projetar, lembre-se das necessidades, preferências e problemas dos visitantes. Evitar fazer isso pode ter um impacto negativo nos seus negócios e causar o colapso.
  2. Não aprender mais sobre o público-alvo: Novamente, este ponto ilustra mais sobre o que acabamos de falar. Em vez de projetar com suas próprias preferências e gostos, crie um design como se você fosse o cliente. Basta pensar no que o cliente adoraria e, se possível, realizar uma pesquisa ou entrevistar alguns clientes em potencial para realmente entender o que eles precisam.
  3. Uso excessivo de efeitos dinâmicos: Usar muitos efeitos de animações não é sinônimo de um ótimo design. Portanto, evitar animações decorativas excessivas pode ajudar a otimizar a experiência do usuário.
  4. Não explorar o design: a pressão de cumprir os prazos e a pesada carga de trabalho podem fazer com que o designer evite explorar outras possibilidades de se inspirar e ser mais criativo antes de elaborar seu plano de design.
  5. Criar muito antecipadamente: Especialmente no estágio inicial, queremos apenas ter em mente a imagem certa do design e começar a trabalhar. No entanto, essa concepção nem sempre é eficiente. Às vezes, explorar outras fontes pode nos revelar algumas coisas surpreendentes.

Podemos dizer que as tendências do mercado estão cada vez mais focadas no usuário. As marcas já não querem mais simplesmente fechar vendas, mas sim criar relações com as pessoas, que podem ser positivas para ambos. 

No mundo do design não é diferente. Inclusive, erra quem pensa que design gráfico é meramente deixar tudo com boa aparência. 

Como diz o ditado: há mais do que os olhos podem ver

Se você chegou até aqui, já sabe a importância do design de interface do usuário. Nesta postagem, falamos sobre os elementos que definem um bom design e também demos dicas de boas práticas. Finalmente, falamos sobre o que você deve evitar ao pensar no design de interfaces. 

E então, me conte sobre você? O que é um bom design de interface para você? Deixe aí nos comentários!

Compartilhe:

Sobre o autor:

Sobre o autor:

Posts Relacionados:

Como fazer um bom E-Mail Marketing?

O E-mail Marketing ainda é relevante? Você ainda utiliza E-mail marketing para atrair mais clientes? Estamos em 2020, encerrando mais uma década com vários avanços

Loja Virtual para iniciantes

Encontrar a melhor plataforma para construir sua primeira Loja Virtual é uma tarefa que exige uma pesquisa sobre soluções. Nesse artigo você confere soluções de baixo valor de investimento e facilidade de configuração.

marketplace

Marketplace – qual plataforma escolher?

Marketplaces são plataformas voltadas para empreendedores que buscam iniciar ou diversificar seus canais de venda. Essas plataformas possuem vantagens e desvantagens, analisar atentamente uma solução poderá trazer resultados positivos para suas vendas.
Neste artigo vamos explorar mais características e detalhes de algumas dessas plataformas, afinal, hoje existem várias plataformas de Marketplaces disponíveis, qual você deve escolher?

Novidades do Blog

Deixe seu e-mail abaixo para passar a receber promoções e novidades do nosso Blog.