Firefox 16
Imagem: Reprodução firefox.com

O Firefox 16 foi lançado hoje e com ele veio o suporte preliminar ao VoiceOver para usuários do Mac OS X, melhoras de desempenho no motor de javascript, remoção do prefixo moz- nas propriedades CSS3 de animação, transição, transformação e gradiente para funcionamento e entre suas principais novidades, destaca-se a “Barra do Desenvolvedor”.
Inicialmente pensei que o Firefox estava tentando descontinuar o Firebug ou então torná-lo nativo no navegador abandonando o nome apenas para algo próximo a Web Developer Tools. Puro engano.
A barra do desenvolvedor é uma espécie de controlador do navegador. Com ele você pode controlar suas extensões, habilitar a visualização 3D disponível desde março, manipular cookies, gerar printscreens, redimensionar, além de também poder inspecionar os elementos da página.
O interessante é que há uma opção justamente para abrir o Firebug, denominado Web Development Evolved (Desenvolvimento Web Evoluído), ou seja, nada de abandono ou mudanças na extensão, apenas adição de recursos.
Enquanto o Firebug se preocupa com recursos da página, alteração de DOM e CSS, relatório de tráfego de rede e um console mais interativo para o site acessado, a barra do desenvolvedor irá manipular o navegador, alterando sua forma de experiência com o usuário através de redimensionamentos, visualização e comportamentos da janela do próprio Firefox.

A barra já é instalada por default e pode ser acessada pelo menu Ferramentas > Desenvolvedor Web > Barra do Desenvolvedor ou simplesmente Shift+F2.
Ao abri-la, digite help e comece a estudar seus recursos.

Confira mais sobre todas as novidades do navegador em: http://www.mozilla.org/pt-BR/firefox/new/

Precisa de servidores com alto desempenho? confira os planos de servidores dedicados da DialHost.

Compartilhe:

Sobre o autor:

Sobre o autor:

Posts Relacionados:

Novidades do Blog

Deixe seu e-mail abaixo para passar a receber promoções e novidades do nosso Blog.