O Google Analytics é bem mais que um contador de acessos ou ferramenta demográfica – você pode construir toda a sua carreira por ser um analista de Google Analytics.
Google Analytics
Google Analytics

O Google Analytics é bem mais que um contador de acessos ou ferramenta demográfica – você pode construir toda a sua carreira por ser um analista de Google Analytics. Você pode medir a efetividade de uma campanha, o fluxo de visita de um site (como do anúncio até o carrinho de compras) e definir ações como suporte de navegador com base nas informações de seus usuários.

Mas essas são todas funções que não atingem os devs. O que nós, desenvolvedores, podemos fazer com o Google Analytics, no entanto, é rastrear erros através de eventos personalizados.

Este é um pequeno exemplo de como implementei a checagem de erros no analytics:

1 // Track basic JavaScript errors
2 window.addEventListener('error', function(e) {
3     _gaq.push([
4         '_trackEvent',
5         'JavaScript Error',
6         e.message,
7         e.filename + ':  ' + e.lineno,
8         true
9     ]);
10 });
11
12 // Track AJAX errors (jQuery API)
13 $(document).ajaxError(function(e, request, settings) {
14     _gaq.push([
15         '_trackEvent',
16         'Ajax error',
17         settings.url,
18         e.result,
19         true
20     ]);
21 });

Agora, quando você abrir o Google Analytics, vai poder visualizar informações de eventos personalizados (custom event) com outros status do site. Claro que você terá que dizer ao pessoal do marketing que aquilo não é um erro, mas features, mas essa é outra história.

Considere usar o Google Analytics para encontrar erros no seu site. Você me agradece depois.

—–

Texto de David Walsh, publicado originalmente no iMasters.

Compartilhe:

Sobre o autor:

Sobre o autor:

Posts Relacionados:

Novidades do Blog

Deixe seu e-mail abaixo para passar a receber promoções e novidades do nosso Blog.